Afetados pelas mudanças climáticas, ipês-amarelos florescem mais cedo em Campo Grande

Clima influencia na florada dos ipês

| MIDIAMAX/PRISCILLA PERES


Ipês-amarelos floridos desde julho. (Foto: Henrique Arakaki)

Calor de 34°C em pleno inverno, seca no Pantanal, estiagem longa, são algumas situações climáticas que estão se agravando a cada ano. E não somos apenas nós que sentimos os efeitos das mudanças climáticas, as árvores, plantas e flores também sofrem a influência. Exemplo disso são os ipês com floradas antecipada.

O ipê-amarelo floresce geralmente entre em agosto e setembro. Em 2022, desde julho é possível ver as flores amarelas espalhadas por Campo Grande. Agora, neste início de agosto, outros ipês-amarelos estão floridos pela cidade.

O biólogo José Milton Longo explica que as árvores respondem aos estímulos de temperatura e umidade, além do período de luminosidade. “Como efeito das mudanças climáticas, os ipês-amarelos estão florindo desde julho, principalmente algumas espécies do cerrado, mas agora em agosto começou a floração dos ipês de maior porte (Handroanthus aurea)', explica.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9.9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE