Pitbulls causam temor em MS após ataque que deixou três pessoas feridas

Servidor público atacado pelos animais afirmou que estava caminhando e precisou lutar contra os cachorros


Cassilândia Notícias

O ataque de dois pitbulls em uma das ruas de Cassilândia, a 430 quilômetros de Campo Grande, na manhã desta quinta-feira (30), causou temor na população, principalmente pelos ferimentos provocados em três pessoas. Uma delas foi um servidor público, que expôs o caso e mostrou como ficou após ser atacado pelos animais.

Todas as pessoas receberam atendimento médico após terem sido encaminhadas para a Santa Casa de Misericórdia. Nenhuma corre risco de morte e ainda conforme o site Cassilândia Notícias, o proprietário dos animais teria visitado as vítimas.

O servidor Romeu Goulart explicou que havia saído de sua residência para fazer sua caminhada diária e ao entrar na rua Juvenal Rezende e Silva, na direção ao Estádio Municipal, foi surpreendido com os dois pitbulls correndo em sua direção. Quando tomou dimensão da situação, os animais passaram o atacar repentinamente.

“Lutei muito com os animais. Como eles estavam me atacando pela frente e pelas costas, resolvi encostar as costas na parede para evitar o ataque surpresa. Gritava socorro, mas não havia ninguém na rua. Por sorte, um caminhoneiro que estava se deslocando sentido Paranaíba, percebeu o ataque e entrou na rua fazendo barulho com o caminhão. Os cachorros então correram', disse o homem para o site local.

Posteriormente, segundo o topmidianews, ele ligou para sua esposa e contou sobre o ocorrido, quando ela o levou para o hospital onde recebeu atendimento médico. Mas para sua surpresa, ele descobriu que outras pessoas também foram atacadas. 'Fui até o Posto Esplanada, liguei para a minha esposa e ela me levou para a Santa Casa. Quando cheguei lá, tive que aguardar outra pessoa ser atendida, que também havia sido atacada pelos mesmos cachorros'.

Goulart relatou como estava a situação das vítimas no hospital e informou que pediu para as pessoas ligarem na Polícia Militar e avisar sobre os animais soltos, com a tentativa de encontrar o proprietário.

“Pedi para ligarem na Polícia Militar para avisar sobre os animais. Na hora em que estava indo para atendimento, outra vítima chegou para ser atendida com a orelha dilacerada. Segundo fiquei sabendo, a terceira vítima é um caminhoneiro que havia descido do caminhão para olhar alguma coisa em seu veículo, quando os pitbulls vieram atacá-lo. A Polícia Militar já estava fazendo a ronda e viu o momento do ataque. Disseram-me que não fosse a ação da Polícia Militar que atirou nos dois animais, vindo um deles a morrer no local, o caminhoneiro não teria conseguido sobreviver ao ataque', finalizou.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9.9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


ÚLTIMAS NOTÍCIAS





























































PUBLICIDADE
PUBLICIDADE