Acusado de matar homem na Aldeia Bororó mentiu o verdadeiro nome

| DOURADOSNEWS / JESSICA BEATRIZ E OSVALDO DUARTE


Homem foi preso e levado para a Depac - Crédito: Osvaldo Duarte/Dourados News

O acusado de matar Miguel Ramires Mendes, de 22 anos, com golpes de faca no pescoço, mentiu o nome para a polícia. O crime ocorreu no sábado (10).

De acordo com informações policiais, em um primeiro momento, ele disse que se chamava Giovane, porém, em seguida falou que seu nome era Reinaldo. Entretanto, após averiguações, os policiais descobriram que o verdadeiro nome do autor é Ronaldo Isnarde da Silva, 25.

A prisão foi realizada em uma ação conjunta entre a Polícia Militar e lideranças indígenas.

À polícia, ele disse que estava com vítima e a tia, quando houve uma discussão sobre quem compraria mais bebida alcoólica, momento em que pegou uma faca e deu um único golpe na região da garganta de Miguel.

Ambos correram em lados opostos e, um tempo depois, a vítima foi encontrada morta.

Ele foi autuado em flagrante por homicídio e encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9.9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


ÚLTIMAS NOTÍCIAS





























































PUBLICIDADE
PUBLICIDADE