Esfriou? Limpar roupas de frio com antecedência é truque para evitar perrengues nos dias frescos

Saiba como higienizar e conservar suas peças de inverno

| MIDIAMAX/JENNIFER RIBEIRO


Saiba como higienizar e conservar as peças de frio. (Nathalia Alcântara, Jornal Midiamax)

Quase dois meses após o início do outono, Mato Grosso do Sul começou a registrar temperaturas amenas, nos preparando para o inverno que vem logo na sequência, em junho. E é nessa época que os dias passam a ser um pouco mais gelados, que as roupas de tecidos leves dão espaço aos casacos um pouco mais pesados, guardados há meses dentro do guarda-roupa.

Por isso, enquanto o frio de verdade não chega, é fundamental ir retirando as peças do armário, iniciando sua higienização e deixando tudo pronto para os dias mais gelados que estão por vir, principalmente para quem quer evitar alergias, já que neste período sem uso, as roupas acabam acumulando poeira.

Antes de tudo, é fundamental pegar todas as peças de frio e separá-las em dois montes: as que precisam ser lavadas e as que só precisam ser estendidas para arejar um pouco. Anderson Alvves, consultor de moda, explica que após esta separação, a melhor opção é levar as peças para uma lavanderia de sua confiança. Lá, tudo será separado adequadamente e a lavagem será feita como indicado na etiqueta da peça.

“As etiquetas sempre dão a indicação de como lavar e como secar, se é a seco ou não, por exemplo. Então é bom tirar do armário antes e fazer essa higienização de acordo. Quem não tem condição de mandar para uma lavanderia, leia as instruções da etiqueta e faça a higienização como indicado, use um bom amaciante, se o tecido permitir, e coloque para secar no sol', explica.

Segundo o consultor de moda, caso a peça seja de couro, é importante que antes do uso a peça fique algumas horas no sol. Isso também serve para o vinil e lãs pesadas.

Melhores tecidos para a época do ano

Já te aconteceu de estar vestindo mais de uma peça e ainda assim estar sentindo frio? Isso pode acontecer porque os tecidos usados não são os ideais para baixas temperaturas. Muitas vezes, o que aquece não é a quantidade de tecido, mas sim sua própria especificidade.

Para quem optar em comprar novas peças para a estação, Anderson Alvves pontua que é importante se atentar aos tecidos, já que este é o diferencial para garantir aquecimento durante o uso.

“Acredito que o ideal seja usar alguns tricôs finos, algumas lãs finas, como o cashmere, que é bem fininho, esquenta bem e não fica aquela coisa tão esquimó, com roupas muito pesadas. Nós temos um período agora de outono, principalmente aqui no nosso estado, em que chove bastante. Então usar peças por cima das lãs, como corta-vento e os puffers, é muito importante para não molhar a peça que está aquecendo', recomenda.

Saiba conservar suas peças

Já que as peças de inverno são usadas poucas vezes por ano, para mantê-las em bom estado e, assim, tê-las por muitos outros invernos, é importante tomar alguns cuidados de conservação após o uso. Ao fim do inverno, higienize todas as roupas que voltarão para o fundo do armário e guarde-as em embalagens com essa finalidade de armazenamento. É fundamental que todas estejam bem secas, para que o mofo não seja uma surpresa no próximo inverno.

“Para que essas peças de couro, lã e tecidos finos durem muito mais tempo, a super conservação é fundamental. O ideal é que as pessoas tenham as embalagens para guardar. Hoje a gente encontra em diversas lojas de multi-coisas. Existem também bombinhas e máquinas a vácuo para guardar as roupas que são ótimas, porque diminui o tamanho da embalagem, ocupando menos espaço no armário e assim não compromete as peças', explica.

Para quem quiser manter algumas peças meia estação no cabide para usar durante o ano nos dias mais frescos, a recomendação é uma vez ao mês retirá-las do armário e estendê-las ao sol para evitar ácaros que podem causar diversos problemas como rinite, tosse e até asma.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9.9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


ÚLTIMAS NOTÍCIAS





























































PUBLICIDADE
PUBLICIDADE