Condomínios de luxo e imobiliária são alvo da PF contra grupo que transportou 6 toneladas de cocaína

Grupo usava empresas de fachada para o tráfico de drogas

| MIDIAMAX/THATIANA MELO


(Foto: Ponta Porã News)

A operação, deflagrada pela Polícia Federal na manhã desta quarta-feira (15), contra um grupo criminoso de tráfico de drogas, tem como alvos uma imobiliária, uma empresa de azulejos e condomínios de luxo, em Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande. 

Informações passadas ao Jornal Midiamax são de que agentes da PF cumpriram mandados de busca e apreensão nestes locais, mas não há informações se alguém foi preso. Também são cumpridos mandados em Ponta Porã. Ao total, são cumpridos 89 mandados em 11 estados: Mato Grosso do Sul, Alagoas, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraíba e São Paulo.

Ao todo, são 64 mandados de busca e apreensão, 25 mandados de prisão preventiva, 11 mandados de prisão temporária, sequestro de cerca de 90 imóveis identificados e bloqueio de bens.

Empresas de fachada e 6 toneladas de cocaína

Segundo a PF, o grupo remetia drogas a países da América Central, estimando-se que tenha feito o transporte de pelo menos seis toneladas de cocaína em 3 anos de investigações. Joias, dinheiro e relógios foram apreendidos, assim como armas e munições.  

O grupo usava doleiros na fronteira do Brasil com países vizinhos, além da criação de empresas de fachada, negócios dissimulados e pessoas interpostas. 

O objetivo da ação é combater organizações criminosas do tráfico internacional de drogas e armas, evasão de divisas, falsificação de documentos públicos, tortura, dentre outros crimes.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9.9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


ÚLTIMAS NOTÍCIAS





























































PUBLICIDADE
PUBLICIDADE