Corumbá não registra novos focos de queimadas com chegada de frente fria em MS

Corpo de Bombeiros ainda atuam em dois pontos de focos de queimadas ativos

| MIDIAMAX/FáBIO ORUê


Queimadas em Corumbá (Álvaro Rezende, Governo de MS)

Corumbá não registrou novos focos de queimadas nas últimas 24h, segundo registros do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). Frente fria fez as temperaturas caírem e a umidade relativa do ar subir em Mato Grosso do Sul neste domingo (7).

De domingo para esta segunda-feira (8) não houve registros. Entretanto, durante o fim de semana, o Inpe registrou acumulado de 22 focos. Os primeiros sete dias de julho acumularam 417 focos de queimadas em Corumbá.

Esse número é maior do que o compilado no mesmo período em junho: 337 focos. Em 2023, nos sete dias de julho acumularam 101 focos. Além da ajuda do tempo, que contribui para que o fogo não se espalhe tanto, o Corpo de Bombeiros também é responsável pela diminuição dos focos.

De cinco na semana passada, apenas dois pontos com focos ainda estão ativos, com ações concentradas na Nhecolândia e Paraguai Mirim. A corporação conta com apoio do Ibama, ICMbio, PrevFogo, Força Nacional e Forças Armadas.

“A queda da temperatura ajudou, mas o que foi preponderante para esta redução de focos foi o trabalho incansável e bem coordenado dos militares, em diversas frentes, com ações de manhã, tarde e noite”, afirma o capitão Samuel Pedrozo.

Uma das principais preocupações nos últimos dias, o Buraco das Piranhas, que fica na região do Nabileque, teve suas grandes chamas e focos controlados, mas segue o monitoramento no local.

“Conseguimos defender a MS-325 e a BR-262, na região do Nabileque, e por enquanto os focos no local estão controlados. Um trabalho intenso que durou várias semanas. No entanto, estamos monitorando devido as rajadas de vento”, diz.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9.9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


ÚLTIMAS NOTÍCIAS





























































PUBLICIDADE
PUBLICIDADE